LITERÁRIAS

Lucano foi a primeira personalidade propriamente literária de que se tem notícia e o precursor do que conhecemos hoje como mundo artístico. Prova disso é que foi capaz de vender a própria mãe.

***

Tenho um amigo que começa O Jogo da Amarelinha na página três, pula para o prefácio, lê as orelhas, vai à quarta capa e daí por diante. Segundo ele, a parte mais bela e comovente da obra é a frase ao final: “Composto e impresso nas oficinas da Nova Fronteira S/A”

***

O problema da edição de bolso de Guerra e Paz é que para carregá-la você precisa colocar o bolso dentro de um carrinho de mão.

***

Tentaram fazer uma edição de bolso de A Montanha Mágica, mas o máximo que conseguiram foi uma edição de alforje.

***

O livro mais complexo que li até hoje foi o manual do motorista do meu carro.

***

O que mais admiro em Machado é o domínio da língua. Coisa tanto mais admirável quando se sabe que tinha epilepsia.

***

No que dependesse do meu amor a Joyce, o Bloomsday seria comemorado no mesmo dia do Halloween.

***

Dizem que as edições dos livros de Paulo Coelho em búlgaro e esloveno são perfeitas: não se entende nada do que está escrito.

***

O título de obra literária mais descritivo que conheço é Em Busca do Tempo Perdido. Há anos, pelo menos, tento recuperar o tempo que perdi ao lê-la.

***

Meus livros de cabeceira são o Houaiss, o Aurélio e o Vocabulário Ortográfico. Sobre eles coloco o abajur, um copo d’água e os livros que leio antes de dormir.

8 Comentários

  1. Agora, você me pegou Marconi. Não sabia que sabias ler. Parabéns!
    (Tua sabia que o sabiá assobia?)
    Abração.

  2. Bloomsday no Halloween? Conheço pessoas que te matariam por essa.

    Adorei a do Jogo da Amarelinha.

    Abraço.

  3. Não adianta colocar os livros em cima. Tente usar os dicionário de travesseiro, mas cuidado com o torcicolo causado pelo Houaiss

  4. me perdoem os fãs de Joyce, mas o Bloomsday não tem diferença nenhuma com as reuniões de fãs de Star Trek ou Star Wars…

    também gostei do topico do Jogo da Amarelinha. e uso o Guerra e Paz como calço da minha mesa, pra compensar o desnivel da cozinha.

  5. Marconi Leal · ·

    Quanto a mim, sempre acreditei que o senhor, dada certa peculiaridade no caminhar, sabe escrever. Não sabe é ler. De modo que o ditado se confirma.

  6. Marconi Leal · ·

    Pior é a data de nascimento dos irmãos Campos, que, segundo penso, deveria ser comemorada em Finados.

  7. Marconi Leal · ·

    Guga, de travesseiro eu uso poesia alternativa, porque se um ladrão entrar aqui em casa, saco o livro e vou lendo em voz alta até ele se render.

  8. Marconi Leal · ·

    Não diga isso, Serba. Há uma grande diferença. Os fãs de Star Trek e Star Wars entendem a obra dos seus ídolos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: