HISTÓRIA

– Vem, Mauro, me pega, me toma, uhm, ai, vem, ah, tira, vem, me mostra, mostra, Mauro, ai, mostra o teu Sisto V, deixa eu…

– Meu Sisto V?

– Ai, ui, é, Mauro, o papa-inquisidor, vem, eu…

– Sei muito bem quem é Sisto V! Eu quero saber é por que você, em nome de Inri Cristo, foi chamar meu pinto de Sisto V!

– É um apelido carinhoso, Mauro, uma analogia, vem, não atrapalha, me prende, me faz perder a cabeça, vem invadir minha Albion…

– Chega, Amanda, para! Olha aí o que você fez. Satisfeita? Sisto V desceu a Sisto IV, agora a III, em seguida a II e logo, logo vai virar um simples monge. Capuchinho, ainda por cima.

– Que é que você tá fazendo? Larga esse cigarro e volta já aqui, Mauro!

– Pra seu governo, isso não é um cigarro. Eu o chamo analógica e carinhosamente de Joana D’Arc. Você acende aqui e vai queimando lentamente até que…

– Tudo bem, Mauro, esquece. Foi um erro, vem, chega, dá aqui, anda, vem, larga o cigarro, levanta, volta, vem, mostra, mostra o teu Tutancâmon…

– Quer parar?

– Mas qual é o problema, Mauro? Ele é impetuoso e poderoso como o faraó egípcio!

– Não só isso: também morreu cedo e agora tá parecendo uma múmia, olha aí. Se sua idéia é usar um método contraceptivo, acho que seria mais indicado uma camisinha. Ou, como gosto de chamá-la, uma Herodes I.

– Você quer que eu lhe dê que nome, Mauro? Caolho?

– Caolho, não.

– Camões, quem sabe?

– Também não.

– Barba Ruiva?

– Mas, meu Deus, por que essa mania de História? Por que você não dá um nome mais comum, tipo, sei lá… Bráulio, por exemplo?

– Bráulio não é mau. Tá, então vem, Mauro, dá cá, chega, mostra, anda, vem, dá cá teu Bráulio de Saragoça, por…

– Desisto. Vamos jogar cartas, antes que eu acabe como Robespierre.

– Você pode me dizer que problema há em eu chamar seu pinto de Bráulio de Saragoça, Mauro?

– Não posso, não tenho conhecimento técnico. Só perguntando a Sigmund da Áustria. Vem, vamos jogar cartas.

– Todas as minhas amigas colocam nome no pinto dos maridos, Mauro. E fique sabendo que só lhe fiz elogios! A Regina, por exemplo, chama o do marido dela de Getúlio Vargas!

– Bom, não deixa de ser espantoso que vulto histórico brasileiro dê nome de pinto. Pensei que só serviam pra bunda.

– E a Samanta chama o do dela de Júlio César!

– Ué, qual o defeito de César? É epiléptico, por acaso?

– Morre depois das primeiras estocadas, Mauro! E ainda há um que é o Hamlet. Sem falar no Aleijadinho.

– Tudo bem, já entendi. Não fica assim. Vem. Tá bom, tá bom. Pode usar o nome que quiser.

– Qualquer um?

– Menos Marco Maciel.

– Bartolomeu Dias?

– Pode ser.

– Então vem, Mauro, chega, anda, mostra o Bartolomeu Dias! Isso, Mauro, uhm, ai, Mauro, vem, uh, Mauro… uhm… Mauro? Mauro, que é que tá acontecendo com o Bartolomeu Dias?

– Pelo visto, naufragou no Cabo das Tormentas. Pôquer?

5 Comentários

  1. Pô, essa Amanda é uma baita boca-grande, tinha que abrir nossa intimidade desse jeito…
    Há braços!!

  2. Uma forma escrachada de tratar os relacionamentos.
    Mandou bem Marconi.

  3. hehehehehehe! Fantástico!Bem que o cabra poderia revidar, ao invés de ficar reclamando.
    Bem, passei aqui só pra te sacanear um pouquinho: acabei de vir de um lugarzinho onde servem caldinho de feijão com ovo de codorna, azeitona e torresmo… um lugarzinho assim, ó, onde a gente vai pra volta do mercado São José comprar feijão verde… Sacou ou quer que eu desenhe? Aff, e ainda tem doce de cajú no meu armário.
    Sorte e saúde pra todos!

  4. Como fala esta mulher!

  5. Cadê o resto da cambada que comentava aqui?
    Avisei você Marconi… Eu avisei… Esse negócio de ficar tirando sarro de Deus: dá nisso!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: