Arquivo mensal: abril 2010

SÍNDROME

— Ela não pode tá apaixonada por esse sujeito. Só pode ser síndrome de Copenhagen, Antônio. — Estocolmo. — Pois é, e ainda mais com um nome desses: Estocolmo. — O nome dele é Eustáquio, Maria. A síndrome é que é de Estocolmo. — Estocolmo, Copenhagen é tudo cidade escandinava. O fato é que a […]

MOMENTO ARRÁ

— Pera. Não fala nada. — Você tá sentindo alguma coisa? — Tô. Tô sentindo que você não ouviu o que eu pedi! — Que é que cê quer que eu faça? Tô te vendo aí de testa enrugada, olhos arregalados, lábios trêmulos, só posso achar que tá tendo um troço. Ou isso, ou pretende […]

HIENAS

Conheço bem vocês. Vocês, seres de pouca fé na natureza humana e maledicentes como mil Swifts, achavam que eu não voltaria. Não me são desconhecidos os rumores de que fora recolhido pela Arca que o prefeito mandou construir por aqui para acolher casais de animais antes do novo dilúvio que acometeu esta bela Guanabara. Foi […]