Arquivo mensal: setembro 2008

ENTREVISTA COM DEUS

— Eu sou Pai Dodô e você está assistindo a mais um Mesa Branca Redonda, seu programa de debates, que discute tudo o que aconteceu na rodada metafísica da semana. E abrimos a noite já com uma ótima notícia: atingimos o posto de segunda atração de maior audiência na Suécia, perdendo apenas para Suicídio, uma […]

AUTORIA

Muito se glosa (com “l”, que é quando se glosa mais glostoso) a questão… Muito se glosa — dizia eu, antes de ser interrompido pelo idiota que escreve os parênteses deste blog e que, tão-logo o encontre na região de minha psique onde se oculta há mais de trinta anos, extirpá-lo-ei com mesóclise, Id e […]

LUTA GRECO-ROMANA

— Nesse momento, os dois contendores adentram a arena. À direita de sua tela, Aristófanes, vestindo sua habitual pele branca com pêlos claros. E, à esquerda, Virgílio, com sua pele mais escura, de pêlos negros. Alguma informação, Tucídides? — Bom dia, Tito Lívio, eu estou aqui com o veterano Aristófanes, que tenta manter a coroa […]

GALÃO DE ÁGUA MINERAL

— Nessas horas é que era bom ser Jesus. — Que foi que cê disse? — Jesus ou o Gorpo, do He-Man. Qualquer criatura dessas que têm o poder de fazer as coisas levitarem. — Até onde sei, a única coisa que Jesus tem o poder de fazer levitar é o volume do som da […]

O DICIONÁRIO DO POBRE-DIABO

Seguindo após Ambrose Bierce, Camila Lorne escreve dois verbetes para um dicionário da contemporaneidade. Volto amanhã. Enquanto isso, confiram: Óculo s.m. O mesmo que olho mágico. Pequeno dispositivo circular, equipado com lente, que se embute nas portas para que não se consiga ver de dentro o quem está lá fora. Uso: “Quem é? Hein? É […]

O SUBPENSAMENTO VIVO DE MARCONI LEAL (12)

Sou um ouvinte cíclico e obsessivo de música. Certa vez, passei seis meses escutando unicamente Tchaikovsky. Parei um dia quando percebi que estava indo da cozinha à sala na ponta dos pés. *** Não acredito na Onipresença divina, mas não sou radical. Creio, por exemplo, na Onipresença daqueles conjuntos de flautistas andinos de praça pública. […]

NOVELAS

Aqui, mais um capítulo de Suruba, a novela em que já passaram duas vezes a mão na bunda de Milton Ribeiro e ele até agora não comeu ninguém. E aqui, outro folhetim: o da leve e amistosa disputa entre Nicomar Lael e Tom Carneiro. Eis um exemplo do tipo de amenidades e trocas de afagos que andam rolando por lá: Modernidade, pós-modernidade, contemporaneidade, […]